Direitos HumanosHIV/Aids

Aids e o Movimento LGBTQ+ no Brasil

🏳️‍🌈 🎗️ A eclosão da epidemia de Aids afetou com força a comunidade gay no começo dos anos 1980. Homens gays, pessoas bissexuais, travestis e pessoas transexuais passaram a carregar mais uma marca: o preconceito de serem vetores de uma doença nova, mortal e sem tratamentos efetivos. Diante dessa crise de saúde pública, a luta da comunidade LGBTQ+ agora era para garantir que o sistema de saúde trabalhasse para combater a Aids 🎗️.

🏳️‍🌈 Em 1984, a travesti Brenda Lee criou uma rede de acolhimento para pacientes com Aids que não estavam doentes a ponto de receberem atendimento em hospitais, mas que não tinham condições de se manterem de forma independente: era a Casa das Princesas, depois rebatizada de Casa de Apoio Brenda Lee, que funciona até hoje no bairro da Bela Vista, em São Paulo 🎗️

#Aids #ISTAids #OrgulhoLGBTQ#VisibilidadeLGBTQ#PraBrilhar

Comente no post aqui!